Central de tratamento de Resíduo

A SaveTax possui uma Unidade de Tratamento de Resíduos Classe 1 e 2, localizada de maneira estratégica para proporcionar agilidade e redução de custos, tanto de coleta quanto na descaracterização de produtos.

  • Tratamento de Resíduos Industriais

    Derivados de um processo de fabricação, podem ter origem por diversos tipos de indústrias e seu descarte inadequado pode acarretar em sérios riscos ao meio. Por isso, o Brasil estabelece leis específicas (Lei 12.305/2010) para a gestão correta desses resíduos.

  • Tratamento de Resíduos Químicos

    São classificados como resíduos que possuem substâncias químicas (orgânicas ou inorgânicas) e também oferecem risco ao meio. Por esse motivo, devem ser tratados desde o processo de fabricação, para reduzir possíveis danos, acidentes e efeitos de sua produção.

  • Tratamento de Resíduos Sólidos

    Resíduos podem ser classificados de diversas formas, dependendo de suas formas de produção. Para isso, precisamos analisar sua origem e capacidade de danos. Além disso, o tratamento também deve seguir essa classificação, com normas técnicas e leis específicas que vão desde sua fabricação até sua destinação final.

Como Funciona o Tratamento de Resíduos

Para saber como é feito o trabalho de resíduos sólidos no Brasil, precisamos avaliar o tipo de resíduo, sua classificação e periculosidade. Somente dessa forma podemos realizar a gestão e tratamento de resíduos de maneira correta. Veja alguns passos importantes desse processo:

  • Prevenção e Redução

    A prevenção e diminuição da produção de resíduos fazem parte das etapas de tratamento, a fim de reduzir a quantidade excessiva de rejeitos. O momento da fabricação deve ser repensado e a SaveTax auxilia na gestão de processos mais otimizados e benéficos.

  • Reciclagem e Reuso

    Para o tratamento de resíduos e efluentes, a reciclagem e o reuso são etapas fundamentais, que podem ser feitas para a recuperação energética desses materiais, transformando-os em outros. Essa reciclagem pode ser realizada conforme sua viabilidade, como define o artigo 9 da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

  • Coleta e Tratamento

    A destinação final de resíduos sólidos é mais do que fundamental. Seu descarte inadequado pode resultar em graves problemas para a saúde humana e o meio ambiente. Portanto, as coletas seletivas e a destinação para a central de tratamento de resíduos são as formas corretas, feitas pela SaveTax.

SaveTax Ambiental

Empresa Especializada em Destruição de Produtos e Serviços Ambientais

A SaveTax Ambiental possui 20 anos de experiência em serviços ambientais, com a correta gestão de resíduos para diversos segmentos de mercado. Temos toda a estrutura necessária para gerar economia e cumprir com a responsabilidade ambiental e social.

Classificação dos Resíduos

Para o correto tratamento de resíduos, a SaveTAX realiza sua classificação conforme a NBR 10004/04 da ABNT, que segmenta os rejeitos de maneira parametrizada e criteriosa, de acordo com sua matéria-prima e outras características.

  • Classe I

    Classificados como perigosos, são resíduos de alto risco de comprometimento que podem ser tóxicos, corrosivos, reativos ou até mesmo inflamáveis. A NBR 10004/04 define com detalhes suas características.

  • Classe II A

    O resíduos de classe II são caracterizados como não perigosos e, segundo a ABNT sua classificação A os define como biodegradáveis, com propriedades de combustibilidade e ainda solubilidade em água.

  • Classe II B

    Enquanto os de classe II A são definidos como não inertes, os de classificação II B são inertes. Isso quer dizer que, segundo a NBR 10007, quando submetidos à contato com água destilada ou deionizada, em temperatura ambiente, nenhum de seus componentes é solubilizado.

Gestão e Tratamento de Resíduos

A SaveTax Ambiental é uma empresa de gestão de resíduos e serviços de remediação ambiental, comprometida com as conformidades técnicas e a proteção do meio ambiente. Para isso, oferecemos tratamentos variados, de acordo com as características dos resíduos.

  • Tratamento Mecânico

    O tratamento mecânico para sólidos trata-se de processos mecânicos que possuem o objetivo de separar, misturar ou ainda compactar de forma física os rejeitos. Exemplos desse tratamento são a trituração e a compactação.

  • Tratamento Bioquímico

    Como o próprio nome sugere, o tratamento bioquímico trata-se da realização da decomposição dos resíduos por meio da ação de microorganismos, seja com a presença de oxigênio ou não.

  • Tratamento Térmico

    No tratamento térmico de resíduos sólidos acontece a transformação de suas matérias e características por meio do processo de calor (altas temperaturas), como a incineração.

Política de tratamento de Resíduos

Segundo a Lei 12.305/2010, os resíduos são de responsabilidade de seus geradores, bem como dos órgãos federais, estaduais e municipais. Para a regulamentação, algumas políticas nacionais foram estabelecidas.

  • Política Nacional dos Resíduos Sólidos

    A Lei 12.305/10 institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que estabelece todas as diretrizes da gestão de resíduos sólidos pelo Governo Federal, bem como estados e municípios, além de geradores particulares.

  • Política Nacional de Saneamento Básico

    O Plano Nacional de Saneamento Básico determina serviços e infraestrutura para o escoamento e abastecimento de água, assim como a limpeza urbana que contribui para o meio ambiente.

  • Política Nacional do Meio Ambiente

    A Política Nacional do Meio Ambiente é constituída pela Lei 6.938/81, que tem como critério a preservação e a sustentabilidade ambiental por meio de diversas ações governamentais e institucionais privadas.